sexta-feira, 30 de abril de 2010

Relaxamento total. Savasana.

Depois de um dia "daqueles", onde não foi possível parar nem por um minuto, você correu contra o tempo o dia inteiro, com a cabeça a mil por hora, o que você mais quer é chegar em casa.

Nada como tomar um banho e se dar um tempo para não fazer absolutamente nada. A melhor coisa neste momento é fazer um relaxamento. Relaxar o corpo e a mente.

Procure um lugar tranquilo na sua casa. Se você tiver um jardim, deite-se na grama, ou na sua cama, ou naturalmente no seu tapete de prática. O importante é ninguém te solicitar para nada. Não se esqueça de desligar o celular.

O asana para se fazer um relaxamento total é o Savasana. Esta é uma postura totalmente neutra. Nesta postura você se deita de costas, pernas estendidas, pés afastados na largura do seu quadril e soltos lateralmente. Os braços permanecem ao longo do corpo com as palmas das mãos viradas para cima. A cabeça bem acomodada e pescoço alongado. Uma posição estável e totalmente confortável. Se quiser, você pode fazer alguns ajustes, como colocar almofadas em baixo do joelho. Há um acessório de Yoga, bolster, que é uma almofada em formato de rolo, que pode ser usado também. Se você não fica confortável apoiando a cabeça diretamente no chão, utilize uma almofada para melhor alinhamento da coluna. Uma outra sugestão, é colocar uma venda sobre os olhos, para diminuir a luminosidade e proporcionar aquietamento. Outra sugestão ainda, é usar um difusor de aromas com óleo essencial de lavanda, ou aplicá-lo diretamente nas têmporas. A essência de lavanda é indicada para alívio do estresse. Uma música bem tranquila e suave, como mantras ou clássica, também contribui para o relaxamento.

Depois de se acomodar bem, é hora de relaxar. Vá se desconectando do seu dia de hoje, e dos seus compromissos para o dia seguinte, permita-se estar no momento presente.

Começe relaxando mentalmente cada parte do corpo. Primeiro os pés. Solte os dedos dos pés, dorso, sola e sinta os seus pés bem soltos, pesados e relaxados. Descontraia a panturrilha, joelhos, coxas, sentindo que as pernas vão ficando bem pesadas e naturalmente relaxadas. Solte o quadril, abdômem e o tórax. Expanda o seu tórax e relaxe o pescoço e os ombros, sentindo que os ombros se aproximam mais do chão. Estenda o relaxamento para os braços, mãos e dedos. Agora, vá relaxando bem a coluna. Coloque a sua atenção no coccix e vá soltando vértebra por vértebra, percorrendo a região lombar, dorsal, até a cervical. Sinta as costas bem soltas, pesadas e cada vez mais relaxadas. Agora solte a cabeça, sinta-a bem pesada no chão. Relaxe a musculatura do rosto. Solte bem a testa, entre as sobrancelhas e a musculatura dos olhos, sinta que os olhos se fecham pelo relaxamento das pálpebras. Solte também as mandíbulas, boca e a língua. Vá suavizando cada vez mais a expressão do seu rosto. Sinta todo o seu corpo bem solto pesado e relaxado. Mantenha a sua respiração suave e fluida. Perceba que a respiração vai se tornando cada vez mais tranquila. Sinta que a energia flui por todo o seu corpo. Deixe que esta sensação de tranquilidade e paz tome conta de você. Permaneça na posição por 10 minutos.

Savasana é uma posição que leva`a imobilidade. Essa imobilidade não tem por objetivo conduzir `a meditação, mas proporcionar um relaxamento profundo. Savasana exige uma entrega total. Savasana contribui imensamente para diminuir o estresse do dia a dia. É uma das posições mais importantes e desafiadoras do Yoga. Não existe uma prática de asanas que não finalize em Savasana. Ela é essencial e obrigatória.

Quando sair da posição, faça o retorno lento, algumas respirações profundas e volte a dar movimento ao seu corpo começando pelas extremidades, movendo os pés e as mãos. Espreguice-se prazerosamente. Antes de levantar, deite-se de lado, por alguns instantes. Sente-se, remova a venda e abra os olhos. Você se sentirá naturalmente tranquilo. Ao jantar, coma algo saudável e leve, como uma sopa de verduras.

Boa noite de sono!

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Yoga. Antídoto contra o estresse.


Com a vida corrida que levamos, com esta agitação do dia a dia, ter de lidar com trabalho, família, filhos, casa, traz tensão para o nosso corpo e para a nossa mente. O que nos leva a estados de ansiedade, angústia e até depressão.

As posturas do Yoga, os ásanas, aparentemente parecem tratar apenas do corpo, mas na verdade influenciam o equilíbrio químico do cérebro e consequentemente nosso estado mental. As posturas trabalham partes específicas do corpo, aliviando as tensões, relaxando e acalmando a mente também.

Com a prática regular dos ásanas, de exercícios respiratórios, relaxamento e meditação, vamos fortalecendo o sistema nervoso, nos ajudando a lidar com as situações estressantes de uma maneira mais positiva.

O Yoga passa a ter um papel importante na nossa vida diária pois nos ensina como nos tornar mais fortes fisicamente e adquirirmos mais estabilidade emocional.

O alongamento proporcionado pelas posturas é um antídoto contra o estresse, pois aprendemos a alongar e relaxar os músculos que estavam cronicamente tensos e experimentar um estado de bem estar.

domingo, 25 de abril de 2010

Objetivo do Yoga


O Yoga vai nos colocando em contato com o nosso íntimo e assim aprimorando a nossa capacidade de auto observação. Vamos nos desenvolvendo até encontrarmos o equilíbrio correto entre todas as nossas necessidades como comer, descansar, trabalhar e exercitar-se.

O objetivo é essencialmente ter uma vida mais integrada, com equilíbrio em vários níveis: físico, mental, social, intelectual, emocional e espiritual.

O objetivo final é sentir-se bem consigo mesmo e ter uma vida plena.

sábado, 24 de abril de 2010

Saúde Plena


Passamos a vida acreditando que o conceito de saúde plena é limitado a estar livre de alguma doença. Eu também pensava assim, mas isso não é tudo. Quando estamos com algum problema em alguma área da nossa vida, a nossa saúde é automaticamente afetada. Se estamos enfrentando algum problema crônico no trabalho ou emocional, ou até se estamos fazendo atividade física a mais do que o nosso corpo permite achando que é bom, já não estamos totalmente saudáveis.

Isso tudo gera um desgaste enorme na mente e no corpo. Você se sente muito mais cansado do que deveria, já acorda exausto, com dores no corpo e sem disposição para enfrentar o seu dia. Esse estado desequilibra o funcionamento de todo o corpo, e uma doença pode se instaurar.

Saúde plena é outra coisa. É quando todas as partes do corpo estão num estado de equilíbrio. Saúde plena é o perfeito equilíbrio do corpo e da mente, é um estado de felicidade permanente.

O Yoga auxilia muito na volta do equilíbrio. Com a sua prática, o corpo vai se revitalizando e os sistemas respiratório, circulatório, nervoso, hormonal, digestivo vão entrando em harmonia. Você vai aprendendo a relaxar as tensões, se aquietar, ter mais clareza mental e mais discernimento nas situações difíceis da vida.

Esse equilíbrio do corpo e mente nos traz uma sensação de bem estar, lucidez e paz. É o que mais precisamos hoje em dia. Isso é saúde plena.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

O que é Yoga?


A palavra Yoga vem da raiz sâscrita Yug, que significa junção, união, integração. Yoga é um sistema de filosofia da Índia com mais de cinco mil anos, que reconhece que com a união e equilibrio do corpo e da mente é possível atingir estados profundos de consciência. Sua filosofia é baseada na evolução do ser humano incluindo diciplinas éticas, posturas físicas, exercícios de respiração e meditação.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Benefícios do Yoga (são infinitos)


Os benefícios do Yoga são inúmeros. Poderia ficar listando e não teria fim. Vamos tomar como exemplo uma simples prática. Depois de uma aula de Yoga você tem uma sensação de bem estar, se sente menos estressado, mais tranquilo e equilibrado. O seu efeito é imediato.

Quando realizamos as posturas (asanas) exercitamos cada parte do corpo, alongando, tonificando e fortalecendo os músculos, as juntas, a coluna e os ossos. As posturas atuam também nos orgãos internos, massageando-os, melhorando a sua circulação. As posturas promovem maior oxigenação e circulação de sangue por todo o corpo, eliminando as toxinas do organismo. Há um equilíbrio do funcionamento de todo o corpo e consequentemente uma melhora do estado geral de saúde.

Não posso falar dos benefícios do Yoga sem mencionar a importância da respiração. Ela é essencial durante toda a prática. A respiração consciente está presente durante a permanência no asana e na transição para a postura seguinte. É a respiração que nos faz manter a atenção na nossa prática. Além disso, os exercícios respiratórios (pranayama) revitalizam o corpo e nos ajudam a ter mais controle sobre a mente. Quando respiramos de uma maneira consciente ficamos mais calmos e tranquilos. A respiração do Yoga equilibra o corpo e a mente.

Através da prática de asanas e pranayama relaxamos as tensões físicas e mentais, harmonizamos as fontes de energia do corpo, nos preparando para a meditação.

Os benefícios da prática da meditação tem sido comprovadas cientificamente. As pessoas que meditam tem maior capacidade de concentração, mais clareza mental, criatividade, mais imunidade, menos ansiedade e depressão, mais estabilidade emocional. A meditação ainda promove o rejuvenescimento.

Os benefícios da prática do Yoga vão se incorporando no seu dia a dia, melhorando a qualidade da sua vida. Nos tornamos mais conscientes e equilibrados de uma maneira geral. Dormimos melhor. Começamos a dar mais atenção para a nossa alimentação, comendo alimentos mais saudáveis, nutritivos e de uma maneira moderada. Fica mais fácil o controle do peso. Por estarmos mais estáveis emocionalmente há uma melhora no relacionamento com as pessoas a nossa volta. Nos tornamos mais tolerantes e amorosos.

Aplicando os princípios éticos da filosofia do Yoga, como a não violência, a verdade, o contentamento e muitos outros, na nossa prática e na vida (vou falar muito deles nas próximas postagens), vamos nos transformando em seres humanos melhores, mais integrados, felizes e em paz.

domingo, 18 de abril de 2010

Um pouco de mim.

Começo este blog contando um pouco de mim. Fui executiva durante treze anos onde trabalhei nas maiores agências de propaganda de São Paulo. Durante este tempo trabalhava 12 horas por dia sob stress e não tinha tempo nem disposição para fazer uma atividade física com regularidade. O meu tempo livre queria estar com a minha filha, Marina. Esporadicamente me aventurava a fazer ginástica localizada e musculação. Achava que a única maneira de manter a forma era ter de frequentar uma academia e "malhar". Nos períodos em que malhei, fazia por obrigação e não por prazer, o que faz você acabar desistindo. Sempre achei muito chato e cansativo fazer movimentos mecânicos, repetitivos e ainda ter que ficar dentro de um espaço fechado, barulhento e com ar condicionado. Essa é uma prática que não combina comigo. Ainda mais considerando que fiz balet clássico durante 17 anos, um pouco de dança moderna e alguns anos de dança flamenca. Sempre gostei de atividades mais expressivas, onde há movimentos harmônicos, feitos com consciência e que envolvessem música.

Tinha ouvido falar e lido superficialmente sobre Yoga e me despertou interesse pois parecia ser uma forma de exercitar e alongar o corpo de uma maneira consciente e equilibrada. E foi assim que comecei a praticar e nunca mais parei há sete anos. Logo percebi que não se tratava apenas de uma prática física, mas envolvia muitas outras coisas como respiração, aquietamento da mente, concentração e meditação. E tudo isso sustentado por uma filosofia, vi que havia uma sabedoria por trás disso tudo. Fui praticando e me apaixonando a cada aula. Minha prática se tornou a melhor hora do dia. Comprei livros, fui me interessando cada vez mais, mergulhando tão intensamente que me desliguei da propaganda e resolvi me aprofundar nos ensinamentos desta filosofia e na prática da Hatha Yoga. Fiz inúmeros cursos, workshops, cursos de formação e de pós graduação.

Sou uma eterna estudante de um ensinamento que não tem fim. Todos os dias estou aprendendo algo novo, lendo, refletindo, preparando um aula, dando aula para diferentes perfis de alunos. É muito gratificante poder vivenciar e dividir estes ensinamentos com os meus alunos, vendo os benefícios nas suas vidas. Isso é o que me motiva e me inspira.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...