domingo, 30 de outubro de 2011

Sequência para harmonizar os Chakras.

Esta é uma sequência simples e de fácil execução que ativa e harmoniza os Chakras. São basicamente movimentos e posturas de flexão e extensão da coluna vertebral. Promove flexibilidade `a coluna, fortalece a musculatura de pernas e braços, tonifica todo o corpo. A sequência trabalha a consciência da respiração, sincronizada com o movimento do corpo. Trabalha também concentração e equilíbrio.

Através da sequência de asanas (posturas), da respiração consciente durante toda a prática, e o mais importante manter a mente concentrada (dharana), ativamos os chakras.

O resultado é sentir-se mais equilibrado, revigorado e bem disposto. Vamos lá!


Iniciamos em Vajrasana (postura do diamante ou raio). Sente-se sobre os calcanhares e coloque as mãos em posição de prece, Anjali Mudra. Observe o corpo e a respiração. Conecte-se com o momento presente. Aquiete-se.


Apoie as mãos sobre as coxas, alongue a coluna e tome consciência dos sete chakras. Percorra mentalmente os chakras desde o Muladhara (chakra da base) , até o Sahasrara (chakra da coroa). Neste momento concentre-se no local de cada um dos chakras e nas suas respectivas cores. Faça 10 respirações completas, Prana Krya, fazendo da respiração um ato mais consciente.


Entre em Balasana, postura da criança. Estenda os braços, apoiando as mãos firmes no chão, soltando a cabeça, e apoiando a testa. Faça 5 respirações completas.


Posicione-se em Biladasana, postura do gato. Mantenha a coluna paralela ao chão. A distância entre as mãos é proporcional a largura dos ombros e mantenha uma linha dos ombros aos punhos. As mãos devem estar bem apoiadas, toda a palma em contato com o chão e não esqueça que os dedos devem estar bem afastados. A distância entre os joelhos é proporcional a largura do quadril e mantenha uma linha do quadril aos joelhos. Distribua o peso entre mãos e joelhos.


Inicie movimentos com a coluna para cima e para baixo. Ao inspirar flexione a coluna para baixo...


ao expirar flexione a coluna para cima, encolha o abdome e solte a cabeça. Faça este movimento 5 vezes ou mais. Vamos dando mais mobilidade a coluna. O movimento deve ser suave e fluido, no ritmo da respiração.


Retorne a posição inicial, mantendo a coluna paralela ao chão.


Agora vamos acrescentar ao movimento da coluna o movimento das pernas. Ao inspirar flexione a coluna para baixo, suba a cabeça e eleve a perna direita...


ao expirar flexione a coluna para cima e aproxime a testa do joelho. Faça este movimento 5 vezes com cada perna.


Volte a posição inicial.


Estenda a perna direita no chão. Prepare-se para uma postura de equilíbrio.


Eleve a perna direita e o braço esquerdo. Permaneça por 3 respirações ou mais. Respeite o seu limite.


Flexione o joelho direito, leve o braço esquerdo para trás e segure o pé. Permaneça por 3 respirações ou mais. Se você é iniciante apenas flexione o joelho e mantenha as mãos no chão. Respeite o seu limite. Durante a permanência concentre-se nos sete chakras e sinta a energia fluir.


Permaneça em Balasana por alguns instantes compensando a coluna da postura anterior. Observe o corpo e a respiração. Faça estes movimentos e posturas coma perna esquerda.


Posicione-se novamente em Vajrasana (postura do diamante ou raio).


Eleve os braços entrelaçando os dedos das mãos.


Flexione o cotovelo direito e com a ajuda da mão esquerda puxe o cotovelo para o centro da coluna, alongue-se.


Una as mãos nas costas, posicionando os braços de Gomukhasana (postura da cara de vaca). Mantenha por 3 respirações. Faça o mesmo para o outro lado.


Vamos agora construir a postura do camelo, Ustrasana. Esta postura pode ser executada em 3 etapas. Na primeira permaneça sentado sobre os calcanhares, apoie as mãos no chão, mantendo uma linha reta dos ombros até os punhos. Abra o peito, gire os ombros para trás e mantenha o olhar para cima. Permaneça por 3 respirações.


Numa segunda etapa eleve o quadril empurrando o osso púbico para frente, sempre com a intenção de abrir o peito. Permaneça por 3 respirações ou mais. Observe, sinta o corpo na posição. Durante a permanência alinhe mentalmente os chakras.


Numa terceira etapa construa a postura completa apoiando as mãos nos calcanhares. Permaneça por 3 respirações ou mais. Esta postura deve ser feita somente para quem já é praticante há algum tempo e que não tem problema algum na coluna. Caso contrário faça as posturas anteriores. Durante a permanência concentre-se nos sete chakras, principalmente no Anahata (chakra do plexo cardíaco) e no Manipura (chakra do plexo solar).


Posicione-se em Balasana novamente compensando a coluna da postura anterior. Observe o corpo e relaxe por alguns instantes.


Retorne a posição inicial Vajrasana. Relaxe na posição mantendo a coluna ereta. Deixe a respiração fluir naturalmente. Agora feche os olhos e apenas observe. Repita mentalmente ou em voz por algumas vezes os bija mantras dos respectivos chakras concentrando-se em cada um deles...Lan, Van, Ram, Yam, Hum, Sham, Om... sinta a vibração do som.


Ao final, faça um breve agradecimento por este momento.

Namastê!

Imagens Marina Fontoura

2 comentários:

lidiane de vargas disse...

Obrigada Sylvia, por compartilhar esta pratica maravilhosa. O passo a passo é bem elucidativo e torna acessível a pratica para pessoas que como eu por residir em um local afastado não tem acesso a um instrutor. Obrigada e Felicidades!!
Lidiane de Vargas

M.L. disse...

Grata pela sequência!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...