domingo, 2 de fevereiro de 2014

Diário de uma viagem ao Tocantins - Parte 1

Decidi fazer esta viagem 5 dias antes de embarcar. De férias em janeiro, sem programação definida,  com mais tempo para pensar na minha viagem, queria ficar no lugar que mais gosto, inserida na natureza. É na natureza, me conectando com ela, que naturalmente me reequilibro, recarrego as energias e encontro paz.

Com isso em mente, fiz algumas pesquisas na internet, e atraída pelas belezas desta região, não tive dúvidas. Queria conhecer o Jalapão. E querendo explorar mais, decidi estender também para mais destinos: Serras Gerais, Jalapão, Cantão e Região Amazônica. Arrumei minha mala, com tudo que iria e poderia precisar, e lá fui eu, sozinha, para uma aventura no Tocantins.

E assim, começou a primeira etapa da minha viagem: Serras Gerais, região do Jalapão  


Em Natividade, essas são as ruínas da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Igreja construída   no século 18, no período da escravatura.  Na época do Brasil colônia, havia mais de 40 mil escravos na extração de ouro na região.


Natividade, cidade histórica do período colonial do Brasil


Para se chegar `as belezas da natureza, trilhas...


Trilhas...


A caminho do Canion Encantado, na região de Almas


Canion Encantado


Canion Encantado, belezas da natureza

Os lugares ficam dentro de fazendas, e o acesso é quase sempre por estrada de terra. É preciso conhecer muito bem a região para chegar nestes locais. São propriedades particulares, que algumas vezes cobram uma tarifa mínima para visitação. São lugares pouquíssimo explorados.


Cachoeirinha, na região de Almas


Cachoeirinha


Para refrescar, deliciosos banhos de cachoeira


Vivências neste mundo de águas...

O diário continua...

Namastê

Imagens: Marcio Turcato da  Rota da Iguana

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...