segunda-feira, 24 de março de 2014

Diário de uma viagem ao Tocantins - Parte 6

Cenários inesperados e inesquecíveis compõe o Jalapão. No meio do cerrado encontramos a Serra do Espírito Santo, de formação sedimentar, cuja ação dos ventos causa sua erosão, originando as dunas.  As dunas do Jalapão estão em constante movimento, guiada pelos ventos.


Ao redor da dunas, vista da Serra do Espírito Santo


Lago compõe o cenário


Vegetação próxima as dunas


Lindíssimo visual


Dunas de areia dourada


Caminhada meditativa no mais pleno silêncio


Paz


Natarajasana

Namastê

Imagens marcio Tourcato da Rota da Iguana

sábado, 8 de março de 2014

Diário de uma viagem ao Tocantins - Parte 5

O Jalapão é um dos lugares mais bonitos que conheci. Uma viagem onde a cada dia um novo cenário sempre surpreendente aparecia para ser observado e explorado. Este passeio pelas margens do Rio Novo foi maravilhoso. Esse é o maior rio de água potável do planeta.


Rio Novo, um rio extenso, de aproximadamente 100 km, no qual suas margens permanecem ainda selvagens. 


Alimentada pelas águas do Rio Novo, a Cachoeira da Velha é a maior cachoeira do Jalapão.


Um encontro de águas que correm em grande quantidade com duas grandes quedas. 


Um espetáculo onde a natureza mostra sua exuberância e força.


Trecho do Rio Novo


Próximo a Cachoeira da Velha, há esta praia muito tranquila cercada de mata. Um bom lugar para passar o dia, fazer um picnic e desfrutar de toda esta beleza.


Aproveitar o que a natureza nos oferece.


Praticar Yoga  "anytime", "everywhere"

                                      
 Sirsasana
                                    

Vivenciar e se hidratar porque faz sempre muito calor no Jalapão.


Namastê

Imagens Marcio Tourcato da Rota da Iguana
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...